Previous Next

Seminário “Reflexos da Cultura Japonesa no Cinema Português Contemporâneo”

NOVA FCSH, Edifício ID, Sala Multiusos 2 | Avenida de Berna, 26C, Lisboa 22 de Outubro 2018 | 14H45M-18H

O propósito deste seminário é o de, com o benefício da objectividade criada pela distância temporal desde a sua estreia em 1982 no Festival de Cannes, proporcionar um espaço de análise crítica e debate focado no filme “A Ilha dos Amores” de Paulo Rocha, tendo em conta o seu recente restauro digital e a homenagem na edição de 2018 do Festival de Cannes.

Este Seminário contará com as intervenções de Carlos Melo Ferreira, investigador doutorado do CEAA e Nelson Araújo, Diretor do Curso de Cinema e Audiovisual da ESAP.

Programa:

14:45 – 16:00

Introdução

A Alegoria Oriental de Paulo Rocha
Manuele Masini – investigador do IELT – NOVA FCSH

Para uma história material do filme “A Ilha dos Amores”
Tiago Baptista – Diretor do ANIM, Cinemateca Portuguesa; investigador do IHC – NOVA FCSH

Moderação: Caterina Cucinotta (IHC – NOVA FCSH)

16:00- 16:20 | Intervalo

16:20 – 18:00

A Ilha dos Amores” – Detalhe, simulacro, encenação e profundidade de campo
Mário Avelar – Professor Catedrático da Universidade Aberta

Paulo Rocha e “A Ilha dos Amores”. A origem e o significado de um filme
Carlos Melo Ferreira – Professor Associado da Escola Superior Artística do Porto

Cristais Artísticos em “A Ilha dos Amores”
Nelson Araújo – Diretor da Licenciatura em Cinema e Audiovisual da Escola Superior Artística do Porto

Considerações Finais

Moderação: Érica Faleiro Rodrigues (Birkbeck College, Universidade de Londres e IHC – NOVA FCSH)

Para programa e mais informações: http://ihc.fcsh.unl.pt/events/paulo-rocha-ilha-amores/

Imagem: fotograma do filme “A Ilha dos Amores”, de Paulo Rocha