Anterior Seguinte

MIFEC | Prémio Aurélio da Paz dos Reis 2017 (nacional)

Auditório da ESAP 23 de Maio | 18h00

A ESAP e a Direcção da MIFEC têm o prazer de anunciar que o Prémio Aurélio Paz dos Reis 2017 nacional foi atribuído ao realizador Saguenail e será entregue no dia da abertura do MIFEC, no dia 23 de Maio, às 18h00, no Auditório da ESAP, na Rua do Comércio do Porto, n.º 173/175. A entrada é livre.

 

Serge Abramovici (Saguenail) é desde há muito uma referência quando falamos do cinema português e do cinema no Porto. A sua carreira como autor de obras fundamentais na cinematografia portuguesa dispensa apresentações. Saguenail pautou o seu trabalho por uma marginalidade assumida, realizando filmes em que a integridade estética sempre se sobrepôs ao domínio das narrativas estandardizadas e dominantes, criando uma obra fortemente marcada pela dinâmica visual e por uma tratamento sonoro que se distinguia claramente da restante produção cinematográfica nacional. O Prémio Aurélio Paz dos Reis reforça uma obra e um autor da maior importância na arte cinematográfica portuguesa.

 

O Prémio Aurélio da Paz dos Reis foi instituído em 2007, no âmbito do MIFEC, como referência ao pioneiro do cinema português e destina-se a homenagear anualmente uma personalidade que, ao longo da sua vida, tenha contribuído para a dignificação e desenvolvimento das Artes Cinematográficas, nas suas diversas manifestações. É instituído no âmbito da Mostra Internacional de Filmes de Escolas de Cinema (MIFEC), criada em 2004 sob a organização da Licenciatura em Cinema e Audiovisual da Escola Superior Artística do Porto (ESAP). Anteriormente foram galardoados com o Prémio Aurélio da Paz dos Reis nacional, os realizadores João Botelho, Pedro Costa e João Mário Grilo, a atriz Leonor Silveira, o produtor e professor de cinema, José Bogalheiro, a realizadora Margarida Gil, os realizadores e produtores de cinema de animação Abi Feijó e Regina Pessoa, os realizadores João Canijo e Sério Fernandes e ao ICA; com o Prémio Aurélio da Paz dos Reis internacional, foram galardoados a Revista Trafic (França), o Festival Internacional de Cinema de Montecatini – MISFF (Itália) o realizador e professor de cinema holandês Rob Rombout e ao realizador Espanhol, Alfonso Palazón.